Como desenvolver a empatia? Confira dicas de filmes que abordam o assunto!

Cada vez mais se fala sobre ser uma pessoa empática, característica ressaltada em âmbitos pessoais e profissionais. A empatia é a habilidade de se colocar no lugar do outro para entender seus problemas e necessidades. Julgar menos sem conhecer a realidade do próximo. Mas você sabe como desenvolver essa característica e se tornar uma pessoa mais empática?

Para ajudar, listamos alguns filmes que abordam o assunto. Confira:

Como desenvolver a empatia no dia a dia

No dia a dia, algumas pequenas ações podem contribuir para o desenvolvimento da empatia. Manter-se aberto e evitar julgamentos são algumas das principais ações da pessoa empática. Para isso, é sempre importante ter uma escuta ativa, prestar atenção às pessoas e suas histórias, criando espaços confortáveis de convivência. Se colocar no lugar do outro pode parecer simples, mas nem sempre é uma tarefa fácil.

Filmes que abordam a empatia

  1. Soul (2020)

Lançado pela Disney em parceria com a Pixar, o filme propõe uma reflexão sobre como vivemos a vida diariamente. Em outra dimensão, o professor de jazz Joe consegue ajudar um jovem a descobrir a sua paixão. Os personagens colocam-se no lugar uns dos outros para entender o sentido de suas vidas. Clique aqui e veja o trailer.

  1. The Fundamentals of Caring (Amizades Improváveis, 2016)

Ao narrar a história de um jovem deficiente e seu cuidador, o filme reflete sobre segundas chances. A amizade entre os dois só é possível pela empatia desenvolvida pelos personagens, que se ajudam em suas respectivas paralisias, uma física e do outro emocional. Confira o trailer aqui.

  1. Cidade de Deus (2002)

O longa brasileiro, do diretor Fernando Meirelles, nos faz pensar sobre o poder da pressão social e econômica sobre as classes mais pobres da sociedade. Assim, desenvolvemos a empatia ao refletirmos sobre as diferentes oportunidades e vidas. O filme retrata o crescimento do crime organizado na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, entre o final da década de 1960 e o início da década de 1980. Veja o trailer aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *