with Nenhum comentário

O teto dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passa a ser de R$ 6.101,06 

O governo publicou o reajuste de 4,48% sobre os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aos aposentados e pensionistas – o percentual corresponde ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de janeiro a dezembro de 2019.

Com a medida, o teto das aposentadorias e pensões para os médicos cooperados subiu de R$ 5.839,45 para R$ 6.101,06 – com retenção de 20% desse valor, ou seja, R$ 1.220,21. Os valores das tabelas foram extraídos da Portaria Nº 914 da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, publicada nesta terça-feira (14), no Diário Oficial da União (DOU). O reajuste vale desde 1º de janeiro de 2020.

Deixe uma resposta